Relacionamentos Modernos

Com o mercado globalizado, hoje precisamos nos manter trabalhando para pagar nossas dívidas e termos o nosso status. Em tempos de computadores e jornadas de trabalho exaustivas, quem tem tempo para namorar?  Eu.

Antigamente os relacionamentos eram formados por ir diariamente a casa da amada, pedir “entrada” aos pais dela e futuramente as situações iam se desenvolvendo. Hoje em dia, os relacionamentos não exigem mais isso… Com a correria e a invenção do celular, posso estar na fila do banco e enviar um torpedo dizendo “oi, estou pensando em você…” , ou, entrar rapido no computador do trabalho para mandar um e-mail breve.

E o contato físico? Antigamente, sexo era só depois do casamento (e, algumas vezes, escondido), hoje, na correria, temos os finais de semana. Pode parecer um pouco frio da minha parte, mas não consigo namorar diariamente… Enjoa, desgasta… Deixa a convivência diária para o casamento!

Não estou dizendo que as relações modernas devem ser frias, e sim que quando o tempo e espaço não nos deixam estar juntos da pessoa a quem amamos, devemos ser criativos. É uma prova difícil, mas não impossível. Aliás, quem prefere desafios fáceis é porque não gosta de se esforçar, e isso é perigoso pois pode levar o relacionamento a cair na rotina.

Tenho que ir trabalhar agora (sim, em pleno Sábado). Abraço a todos, e em especial ao meu Mark Darcy.

Anúncios