Adestrando Homens : Parte 2

Adestramento

A Autora diz: “Memorize esse fato muito importante sobre o ‘comportamento pega-pega’. Se seu cão está fugindo de você, o pior a fazer é perseguí-lo. Ele simplesmente correrá mais depressa. Em vez disso, fique calma. Fala algo interessante para atrair a sua atenção. Exiba um brinquedo colorido. Aja como se estivese se divertindo muito sozinha. Logo ele estará de volta, mais ávido que nunca.”

Não entendemos, mas os homens, depois de um tempo, têm um instinto que os afasta das mulheres. Talvez isso seja por puro medo de ter algo sério, ou por simplesmente sacanearem depois de terem o que queriam (no dia que eu souber a exata resposta, prometo, jogo na loteria), mas o que a autora sugere como plano A é fazer algo que o atraia. Mostrar um brinquedinho pode ser interpretado como fazer uma mudança de visual, uma roupa que a deixe bem mais sexy ou algo do tipo. Caso ele não veja o tal brinquedo, o fato de dar um gêlo e sair para se divertir bastante com as amigas funciona bastante. Caso com nenhum dos dois funcione, mande-o pastar.

Anúncios

Adestrando Homens – Parte 1

 

E as técnicas de adestramento de homens estão fazendo sucesso, visto que foram inspiradas no Livro “Como Adestrar Seu Homem em Mais ou menos 21 Dias Usando Os Segredos de Adestradores de Cães”  e vamos conhecer algumas técnicas aqui:

De acordo com o livro: “Um cãozinho geralmente fica mais bonzinho quando quer comida, então ele balança o rabo e começa a lamber. Um bom truque para fazer um cão se comportar bem é encher a tigela até a metade e deixá-lo sempre querendo mais. O mesmo vale para o seu apetite por carinho. Mantenha-o em constante fome emocional por você, e assim ele será mais fácil de se controlar.”

Os homens sempre ficam bonzinhos quando também estão com fome… de sexo. Começam a balançar o rabo e a lamber, como cachorros. O melhor dos truques é não “ultrapassar a terceira base”. Umas boas brincadeiras são bem vindas, mas nada do sexo em si para que ele sempre queira mais e volte. A mesma dica vale para o seu carinho e a sua atenção. Não entregue-os cem por cento a ele, com o mesmo objetivo: Ele deve querer mais, ele vai voltar.